0

Resumo semanal da novela A Escrava Isaura, 03/04 a 07/04/17

Confira o resumo semanal da novela A Escrava Isaura de 03/04 a 07/04/2017.
Próximos capítulos na Rede Record.

Resumo da novela A Escrava Isaura de Segunda-feira, 03/04/2017 – Capítulo 61

André e Moleca suspeitam que o sumiço das crianças do quilombo tenha ligação com os capitães-do-mato. Álvaro se irrita com os capangas de Leôncio. Pedrinho corre para avisar Miguel sobre Isaura. Moleca some no meio da mata. Coronel Sebastião vai beber no bordel onde encontra o Dr. Paulo. Leôncio discute com Malvina e vai para o bordel. Raimundo conta a Álvaro que Isaura é uma escrava. Leôncio joga pôquer com seu sogro e com o Dr. Paulo. Miguel e Pedrinho se aproximam de Isaura e Álvaro. Isaura confessa ser escrava durante a festa.

Resumo da novela A Escrava Isaura de Terça-feira, 04/04/2017 – Capítulo 62

Isaura sente uma vertigem ao ver Martinho e Raimundo e quase desmaia no baile. Geraldo diz à sua irmã que haverá um escândalo na festa. Gabriel consegue movimentar os dedos dos pés. Malvina descobre que Leôncio gastou uma fortuna para achar Isaura e por isso está cheio de dívidas. Álvaro pede Isaura em casamento, mas ela está preocupada com os capangas. Martinho se apresenta para Álvaro. Isaura fica petrificada. Coronel Sebastião se lamenta pelos filhos. Dr. Paulo chora no bordel por ter sido largado no altar.

Resumo da novela A Escrava Isaura de Quarta-feira, 05/04/2017 – Capítulo 63

André e Moleca suspeitam que o sumiço das crianças do quilombo tenha ligação com os capitães-do-mato. Álvaro se irrita com os capangas de Leôncio. Pedrinho corre para avisar Miguel sobre Isaura. Moleca some no meio da mata. Coronel Sebastião vai beber no bordel onde encontra o Dr. Paulo. Leôncio discute com Malvina e vai para o bordel. Raimundo conta a Álvaro que Isaura é uma escrava. Leôncio joga pôquer com seu sogro e com o Dr. Paulo. Miguel e Pedrinho se aproximam de Isaura e Álvaro. Isaura confessa ser escrava durante a festa.

Resumo da novela A Escrava Isaura de Quinta-feira, 06/04/2017 – Capítulo 64

Isaura desmaia e Álvaro chama um médico. Branca fica vitoriosa com o escândalo. Geraldo e o chefe de polícia não concordam com o fato de Isaura ser escrava. Coronel Sebastião ganha no pôquer e Leôncio volta para casa. Geraldo vai em direção dos capangas e diz a eles que não podem levar Isaura sem um mandado assinado por Leôncio. Gabriel consegue mexer os pés. Isaura acredita que Álvaro não vá perdoá-la. Álvaro diz à sua mãe que continua a gostar de Isaura. Tomásia quer descobrir quem acertou o tiro no Conde durante o duelo. Malvina pressiona Leôncio para que lhe conte sobre o local onde está Isaura. Isaura e Miguel contam toda a verdade sobre eles para Álvaro e Perpétua. Henrique se despede de seu pai para voltar ao garimpo. Coronel Sebastião diz à Rosa que dará sua liberdade quando ele morrer. Diogo quer se casar com Helena. Durante o café, Sebastião corrige os erros de português de Rosa. Álvaro diz à Isaura que vai lhe proteger enquanto viver.

Resumo da novela A Escrava Isaura de Sexta-feira, 07/04/2017 – Capítulo 65

Malvina proíbe Francisco de contar a Leôncio sobre a mensagem do telégrafo que fala do paradeiro de Isaura. Belchior conta à Tomásia o que se passa na fazenda de Leôncio. Tomásia pergunta a Belchior quem atirou no Conde. Miguel sugere que eles fujam. Isaura diz que não vai fugir, pois trairia Álvaro. Helena e Diogo acordam juntos após uma noite de amor. Coronel Sebastião ensina Rosa como se portar na mesa. Leôncio vê Malvina queimando a mensagem sobre Isaura. Álvaro escreve uma carta para Leôncio pedindo que estipule um preço pela liberdade de Isaura. Branca e Estela se revoltam com Geraldo. Ambas não concordam com a ajuda dele a Isaura. Miguel pede para que Isaura e Pedrinho fiquem dentro de casa, pois os capangas estão por perto. Leôncio manda uma mensagem para Martinho. Francisco avisa Leôncio que Tomásia fará um jantar. Leôncio planeja outra vingança para ela. Rosa quer se casar com o Dr. Paulo. Miguel se aproxima dos capangas e pede para irem embora, mas eles negam.

Comentários