0

Resumo semanal da novela Ribeirão do Tempo, 15/05 a 19/05/17

Confira o resumo semanal da novela Ribeirão do Tempo de 15/05 a 19/05/2017.
Próximos capítulos na Rede Record.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Segunda-feira, 15/05/2017 – Capítulo 51

Filomena se faz de cínica e fala para Karina que foi muito idiota de pensar que tinha alguma chance com Tito. Karina humilha Filomena e dá dinheiro para que ela possa ir embora de Ribeirão. Teixeira explica para Eleonora que Arminda quer ocupar a presidência da empresa e pode se tornar perigosa ao saber que há outra pessoa com poder. Ellen fala para Newton que o ama e que não adianta mais esconder isso de ninguém. Patrícia entra na sala de Ellen e fica sem graça ao ver Newton. Filomena tem uma crise de choro e Sancha tenta consolá-la. Eleonora conta a Arminda que Querêncio é seu filho desaparecido. Angustiado, Teixeira revela a Célia que vai acontecer uma revolução em Ribeirão do Tempo e afirma que está contando isso a ela por medo de perdê-la. Eleonora explica para Arminda que agora tem um herdeiro e desmaia. Uma ambulância segue em direção ao solar e o povo fica em alvoroço. O médico diz a Arminda que o estado de Eleonora é preocupante. Nicolau liga para Arminda, que conta que Eleonora teve um desmaio. Ellen conta a Patrícia que vai assumir o amor que existe entre ela e Newton. Patrícia pede a Lincon para dar força a Ellen. Carmem diz a Lincon que Madame Durrel teve um desmaio. Carlos pergunta a Guilherme se está tudo bem entre eles. Zuleide fala para Newton que confia no profissionalismo dele, mas ressalta que não pode dizer o mesmo do seu caráter. Newton fica irritado e agride Zuleide. Arminda diz a Lincon que ainda não se sabe a causa do desmaio de Eleonora. Ele pergunta à executiva se Madame Durrel tem herdeiros e ela deixa claro que não está autorizada a falar da vida pessoal de sua chefe. Teixeira redige um documento que passa a presidência da empresa para Arminda caso Eleonora morra. Flores fala para Nicolau que Eleonora está no melhor lugar e que eles não podem perder a oportunidade. Querêncio visita Eleonora, que pega a garrafa de cachaça do filho e dá um gole. Flores guarda umas ampolas de injeção e uma seringa no bolso e sai.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Terça-feira, 16/05/2017 – Capítulo 52

Eleonora reúne Filomena, Querêncio, Teixeira e Arminda e diz aos quatro que eles são as pessoas mais importantes de sua vida. Newton conta a Carlos que ele e Ellen estão apaixonados e pede para o filho ficar ao lado dele. Marta explica para Ajuricaba que foi confirmado que a mangueira fora dos parâmetros causou o acidente. O delegado diz que vai ao juiz pedir a prisão provisória do mecânico. Flores estaciona o carro num lugar sombrio e fica observando a movimentação. Eleonora revela a Arminda que está em paz e realizada. Arminda fala para Querêncio e Filomena que eles são da família e devem se sentir donos do solar. Arminda explica aos dois que acha que eles devem esconder o máximo de tempo possível que são filho e neta de Eleonora. Em reunião convocada por Tito, Virgílio deixa claro que em breve a pousada vai ter de fechar as portas. O administrador da pousada afirma que vai ser preciso demitir todos os funcionários e que os pagamentos da dívida que Tito tem com a Clorís vão ser suspensos. Ajuricaba fala para Marta que o juiz concedeu o mandado de prisão provisória de Newton. Tito diz a Newton e a Iara que precisa deles na pousada. Tito tenta tranquilizar Clorís, dizendo que a situação da pousada vai melhorar. Iara confessa a Virgílio que não sabe se vai aguentar ver Newton pagar pelo que não fez. Flores veste um jaleco de enfermeiro e um gorro e caminha cuidadosamente pelo estacionamento do hospital. Nicolau pergunta a Arminda se ela se sente preparada para substituir Eleonora. Arminda fica tensa. Flores consegue entrar no quarto de Eleonora, que está dormindo. O professor injeta uma seringa no tubo de soro, Madame Durrel acorda e se assusta ao vê-lo. Flores sorri e vai embora. Madame Durrel morre. Brandão explica a Arminda que a causa da morte de Eleonora foi uma parada cardíaca. Arminda, Teixeira e Bruno ficam muito abalados. Ajuricaba vai até a pousada com um mandato de prisão para Newton. Arminda conta a verdade a Bruno e Célia sobre o filho de Madame Durrel.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Quarta-feira, 17/05/2017 – Capítulo 53

Arminda diz a Teixeira que é melhor ela dar a notícia da morte de Eleonora para Querêncio e Filomena. A executiva conta a Filomena que Eleonora morreu. Filó chora. Newton é encarcerado na cela por Marta. Querêncio fica sabendo da morte da mãe por Arminda e Filó. Lincon tenta descobrir mais detalhes sobre a morte de Eleonora, mas Brandão afirma apenas que ela teve uma parada cardíaca. Lincon conta a Carmem que conseguiu ver as fichas de Madame Durrel e descobriu que ela fez exames de DNA há pouco tempo. Joca liga para Arminda para saber notícias de Eleonora e a executiva pede para ele encontrá-la na Patrimônio Eterno. Alfredo conta a Romeu que Madame Durrel morreu. Arminda revela a Joca que Madame Durrel deixou um filho. Lincon mostra a seus funcionários a manchete da Folha da Corredeira: “Será que Madame Durrel deixou um filho em Ribeirão?”. Joca espanta-se ao saber que Querêncio é filho da milionária. Joca dá força para Arminda e deixa claro que está ao lado dela. Marta mostra a Folha da Corredeira para Ajuricaba. Clorís e Virgílio criticam a atitude de Tito de pagar um advogado para Newton. Virgílio aconselha Clorís a convencer Tito a fechar a pousada. Tito pergunta a Iara se ela também acha errado ele pagar um advogado para Newton e ela diz que não. Tito diz a Iara que a adora e ela fica confusa. Karina fala para Zuleide que vai tentar descobrir quem é o herdeiro de Madame Durrel. Querêncio confessa a Filomena que está decepcionado por ter tido tão pouco tempo para ficar com sua mãe de verdade. Célia revela a Karina que Querêncio é o herdeiro da fortuna de Madame Durrel. Karina fica pálida e logo se dá conta de que Filomena é neta da milionária. Tito conversa com Carlos e o leva para visitar Newton. O mecânico fica emocionado ao ver o filho, que garante ao pai que sabe que ele é inocente. Newton agradece a Tito pela força. Nicolau fala para Larissa e Beatriz que acha que Lincon inventou a história do filho de Eleonora para vender mais e afirma que, em breve, vai comandar o jornal da cidade.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Quinta-feira, 18/05/2017 – Capítulo 54

Flores explica para Sereno que não sabe se o herdeiro de Madame Durrel pode atrapalhar seus planos. Bruno explica a Ari que Madame Durrel deixou ordens para ser removida para Europa e cremada lá. O prefeito não consegue entender o pedido da milionária e afirma que ela devia ser enterrada em Ribeirão do Tempo. Flores diz a Nicolau que ele deve propor casamento a Arminda o quanto antes. Teixeira explica a Arminda e a Bruno a situação legal relativa à herança de Madame Durrel. Ellen confessa a Filomena que está com medo e cheia de dúvidas. Arminda diz a Teixeira e a Bruno que acha que eles devem comunicar a todos da cidade que Querêncio é herdeiro de Madame Durrel. Os dois concordam com a executiva. Filomena tenta consolar Ellen e revela a amiga que não tem dúvidas sobre a inocência de Newton. Filó explica a ambientalista que acha que ela e Newton não devem se afastar agora, no momento em que mais precisam um do outro. Marta leva um café para Newton, que afirma mais uma vez que é inocente. Ellen conta a Guilherme que não amava mais Sílvio e que está gostando de Newton. Guilherme fica muito chateado e pede para ficar sozinho. Léia insiste para que Joca conte quem é o filho de Madame Durrel, mas ele diz que não sabe. Arminda, Teixeira e Bruno decidem conversar com Querêncio e Filomena para saber se eles concordam que a verdade deve ser revelada num evento que reúna as figuras ilustres de Ribeirão do Tempo. Querêncio fala para Marisa que precisa conversar com ela com urgência. O pintor revela à namorada que é o filho de Madame Durrel. Querêncio vê Ari dando em cima de Marisa e tenta agredi-lo. Lincon procura Nicolau e fala que achou interessante a proposta que ele lhe fez. O jornalista deixa claro para o senador que o controle editorial pode ficar na mão dele, mas ressalta que gostaria de ter liberdade de publicar o que achar melhor. Os dois fecham negócio. Querêncio chega à casa de Romeu e Sancha, trôpego, fazendo o maior barulho. Romeu leva o amigo para a cama.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Sexta-feira, 19/05/2017 – Capítulo 55

Arminda liga para a casa de Joca no meio da noite. Léia acorda o filho, que vai atender ao telefone imediatamente. A executiva fala para o detetive que precisa falar com ele com urgência. Joca entra no solar sem ser visto e Arminda vai com ele para seu quarto. Arminda diz a Joca que quer contratar seus serviços de detetive e avisa que precisa que ele vá à reunião em que vai ser anunciado quem é o filho de Madame Durrel. Os dois são interrompidos por Teixeira, que bate na porta do quarto de Arminda. Joca se esconde no armário. O advogado entra no quarto da executiva e pede para ela ler a nota que vai enviar para a diretoria da empresa. Arminda disfarça o nervosismo e lê o documento, enquanto Joca está quase sem respiração dentro do armário. Teixeira vai embora e Joca e Arminda acabam transando. Ao amanhecer, Arminda expulsa Joca do solar. Joca chega em casa cantarolando, feliz da vida. Elza diz a Arminda que a camareira encontrou um caderninho no armário dela. Arminda disfarça o nervosismo e conta que não o tinha encontrado em lugar nenhum. Léia pergunta a Joca qual é a novidade que vai deixar a cidade de ponta cabeça. Ele fala que não pode revelar. Teixeira vai até a casa de Sancha para falar com Querêncio. Arminda vai até a casa de Ellen para conversar com Filomena e a ambientalista a trata com frieza. Teixeira conta a Querêncio que como não tinha pistas sobre o filho desaparecido de Madame Durrel, armou a operação que ficou conhecida como “caça-cuecas”. Arminda explica a Filó que ela e o pai precisam estar a par das decisões que vão ser tomadas a partir de agora. Ari conta a Virgínia que Querêncio o pegou pelo colarinho. Virgínia fala para o prefeito que uma figura pública não tem que frequentar boates. Ari diz a sua secretária que vai dar parte de Querêncio à polícia. Carlos tenta conversar com Guilherme, que não dá atenção ao amigo. Alguns colegas da escola olham para Carlos e fazem comentários. Marta pergunta a Ellen se ela quer mesmo visitar Newton. Convicta, Ellen diz que se esconder num momento desses só vai levantar mais suspeitas. Newton fica muito feliz ao ver Ellen na cadeia. Iara pergunta a Virgílio o que Nicolau tem a ver com a armação dele. Virgílio hesita, mas revela que o senador quer comprar as terras e a pousada de Tito, por isso provocou o acidente. Ellen e Newton se declaram um para o outro e prometem superar as dificuldades juntos. Querêncio e Filomena concordam em contar a todos que são herdeiros da fortuna de Madame Durrel. Ari fala para Ajuricaba que faz questão de registrar queixa contra Querêncio. Arminda, Bruno e Teixeira fazem a lista de convidados para a reunião. O pintor faz questão de convidar alguns amigos. A sós com Filomena, Querêncio diz à filha que eles estão podres de rico. Filomena afirma que eles têm que manter os pés no chão. André fica revoltado ao saber que o senador agora é sócio do pai. Nicolau conta a Nasinho que tem grandes planos para a nova Folha da Corredeira. Lincon comunica à redação que agora Nicolau é seu sócio. Há uma consternação geral no jornal. Carmem, revoltada, fala para Lincon que não precisa da “nova Folha”. Ajuricaba diz a Querêncio que se ele não for prestar depoimento na delegacia vai ser preso. Querêncio fica irritado com a injustiça e diz que não vai comparecer.

Comentários