0

Resumo semanal da novela Ribeirão do Tempo, 27/03 a 31/03/17

Confira o resumo semanal da novela Ribeirão do Tempo de 27/03 a 31/03/2017.
Próximos capítulos na Rede Record.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Segunda-feira, 27/03/2017 – Capítulo 16

Flores seduz Clorís, que fica retraída. Flores tenta agarrar Clorís, mas ela esquiva-se. Clorís diz a Flores que não está preparada para se envolver com alguém. O professor afirma que não vai desistir dela. Zuleide diz a Karina que tem a certeza de que Tito vai voltar atrás. Sereno vai visitar Flores e vê Clorís a sair do casarão. Arminda fica furiosa por ter sido desautorizada a demitir funcionários e confessa que entendeu por que Eleonora ficou do lado de Bruno. Eleonora admite que ficou com medo da possibilidade de demitir o seu próprio filho. Ari tenta convencer os dois homens a soltarem-no. Os bandidos entram com Ari. Ari é obrigado a despir as calças. Ele tira as calças e deixa cair maços de notas. Tito bebe caipirinha e Filomena, uma cerveja. Os dois conversam. Tito oferece boleia a Filomena, que não tem como recusar. André continua debaixo da cama, sem saber o que fazer. Ajuricaba chega e cumprimenta a filha e a esposa. Ajuricaba vai buscar um casaco para Sônia, que não para de espirrar. André, que já estava a abrir a janela para se ir embora, corre e esconde-se debaixo da cama de novo. Sônia tenta controlar o nervosismo. Sílvio diz a Diana/ Tião que se a chuva não parar, ele leva-o/a a casa. Diana troca um olhar preocupado com Guilherme. Célia diz a Karina que ela pode acabar por perder Tito de vez. Tito e Filomena conversam. Os bandidos tiram o capuz a Ari e deitam-no fora, numa rua deserta. Lincon manda abrir espaço para duas fotos na primeira página. Sílvio e Ellen dizem que acham Diana/Tião estranho. Guilherme pede a Diana para tirar o boné, para ele ver como ela é de verdade. Carmem fotografa Ari a sair da delegacia. Ajuricaba tenta apanhar a câmara de Carmem, mas ela consegue escapar.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Terça-feira, 28/03/2017 – Capítulo 17

Léia conta a Joca que Arminda queria demitir funcionários da equipa de Bruno, mas não conseguiu. Querêncio está muito nervoso, porque já é tarde e Filomena não chegou a casa. Filomena chega toda feliz e tranquiliza-o. Diana sai sem se despedir de Guilherme, que ainda dorme. Bill surge diante de Diana, que apanha um susto. Ela dá-lhe uma ameixa e corre para a sua tenda. Karina conta a Célia que teve um sonho mau com Tito e que ele não lhe telefonou. Patricinha pede para a mãe ficar na loja, porque ela precisa de resolver assuntos pessoais. Karina insiste em saber onde Tito foi na noite anterior. Tito enrola para responder e acaba por dizer que saiu com Sílvio. Tito diz a Karina que o rompimento mexeu com ele e que, por isso, prefere não se envolver com ela. Filomena, ainda sem acreditar no que aconteceu entre ela e Tito, conta a Carmem que está apaixonada. Carmem aconselha a amiga a ir com calma. Flores diz a Nicolau que ele não é uma pessoa comum e que só homens fortes podem tomar a decisão de matar o pai. O professor deixa claro que, se Nicolau quiser mesmo ajudá-lo nos seus planos, tem que se comprometer com ele. Flores afirma que vale qualquer sacrifício para fazer uma revolução. Nicolau está surpreendido com a imagem de intelectual sensato que Flores mantém. Érico diz a Beatriz que ainda não está convencido de que Nicolau mudou. Ari fica furioso ao ver que o caso do sequestro já está na internet. Érico diz, diante de vários correligionários, que a cidade de Ribeirão do Tempo não vai deixar-se humilhar. Bruno propõe que seja redigida uma nota de protesto contra a violência dos sequestradores. Teixeira diz a Eleonora que os sequestros estão a ter uma enorme repercussão.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Quarta-feira, 29/03/2017 – Capítulo 18

O advogado tenta convencer Eleonora a repensar as estratégias, mas ela afirma que vai prosseguir, aconteça o que acontecer. André vê Sônia no colégio e diz que está com saudades. Mais tarde, os dois encontram-se no beco onde Joca coloca as escutas e são vistos pelo detetive. Os dois saem assustados. Tito revela a Sílvio que fez amor com Filomena e teve a certeza de que Karina é a mulher de sua vida. Flores vai até à casa de Joca e Léia recebe-o. O professor conta que Joca se tem mostrado um profissional muito competente e pede a Léia para avisar o filho para ir ao seu casarão no dia seguinte. Joca pede a Diana/Tião para entregar uma edição da Folha da Corredeira a Arminda e, em troca, oferece-lhe umas moedas. Arminda lê a notícia do sequestro e vê o nome de Joca escrito a vermelho. Ela olha pela janela e vê Joca na praça, acenando. Joca liga a Arminda e pergunta-lhe se ela já está convencida de que ele não é um ?joão ninguém?. Ela bate com o telefone na cara do detetive. Flores diz a Nicolau que ele tem que agir com cuidado, pois vai cometer um crime. Marisa aconselha Heleninha a fazer greve de sexo até o senador lhe dar o que prometeu: uma casa. Nicolau conta a Flores que o senador mantém um caso com Heleninha há um já algum tempo. Diana conta a Guilherme que encontrou Bill na floresta e ficou com medo. Lincon comemora a vendado jornal. Nicolau vai até o escritório de Arminda e convida-a para jantar. Nicolau convida Arminda para jantar. Ela aceita. Flores escreve no computador que a conversa com Nicolau o levou ao delírio. Flores diz a Sereno que precisa que ele vá passear com Heleninha. Sereno fica radiante. Clorís pergunta a Tito sobre a mulher com quem ele esteve na noite do temporal. Os dois acabam a discutir.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Quinta-feira, 30/03/2017 – Capítulo 19

Clorís liga a Flores e fica surpreendido com as palavras intensas do professor. Eleonora diz a Teixeira que a única pista que tem para descobrir quem é o seu filho é a marca que ele tem nas nádegas. Ela revela ao seu advogado que o filho deve ter parecenças com o pai, embora não saiba de quem engravidou. Érico encontra-se com Ajuricaba na prefeitura e afirma que a população e o partido estão a cobrar uma solução para o caso dos caça-cuecas. Érico diz a Ari que eles têm que fazer alguma coisa para abafar o avanço oportunista da oposição. Nicolau diz a Teixeira e a Eleonora que está convencido de que o resort vai mudar a vida de Ribeirão. Nicolau elogia Arminda e os dois saem para jantar. Eleonora diz a Teixeira que seria muito bom para os negócios se Arminda e Nicolau se entendessem. Joca vê Arminda e Nicolau a sair do Solar. Guilherme diz a Ellen que vai dormir e sai de casa pela janela. Sílvio chega, vê o filho e manda-o voltar e pedir à mãe para sair. Ellen releva a atitude de Guilherme, que desiste de visitar Diana/Tião. Nervosa, Filomena serve Karina e Zuleide. Não resiste e pergunta por Tito. Karina não gosta da pergunta. Karina percebe que Tito está estranho e fica preocupada. Sereno chega ao casarão do professor e diz a Fátima que vai esperar por ele na biblioteca. Ellen diz a Sílvio que acha Guilherme esquisito, mas o marido tranquiliza-a. Sílvio conta a Ellen que o movimento está fraco na pousada. Diana conta a Guilherme que Carlos foi visitá-la na noite passada. Diana afirma que não precisa de ninguém para controlar a sua vida. Triste, Filomena lembra-se da noite que passou com Tito. Sancha percebe que Filomena está desanimada e diz a Querêncio para conversar com ela.

Resumo da novela Ribeirão do Tempo de Sexta-feira, 31/03/2017 – Capítulo 20

Filomena não dá confiança ao pai. Tito pede a Karina para prometer não cobrar nada a ninguém que não seja ele, depois da revelação que fizer. Tito confessa a Karina que foi para a cama com Filomena. Beatriz diz a Érico que está tudo organizado para a receção do prefeito. Érico pede a Lílian para convocar a imprensa. O senador conta que no dia do evento vai lançar a candidatura de Ari à re-eleição. Ari diz a Virgínia que sua popularidade está em alta graças ao sequestro. Arminda pergunta a Eleonora se ela tem a ver com o caso dos caça-cuecas. Eleonora elogia a inteligência de Arminda, mas pede para ela se concentrar apenas nos negócios do resort. Tito diz a Karina que ele é o culpado pela crise que aconteceu entre eles e afirma que não vai permitir que Filomena seja alvo de vingança. Fora de si, Karina diz que Filomena tem que morrer. Filomena pergunta a Carmem se ela acha que Tito voltou para Karina. Tito diz a Karina que eles se amam e não podem deixar nada atrapalhar a relação. Nicolau faz um discurso a favor de Ari e pede para o povo saudar o prefeito. Todos aplaudem e gritam. Karina diz a Zuleide que precisa de se vingar de Filomena. Tito diz a Filomena que o que aconteceu entre eles foi um erro e confessa que ama Karina. Filomena tenta segurar o choro e afirma a Tito que vai ficar bem. Joca conta a Flores que tem gravado muitas conversas do pessoal do resort, mas até agora nada indica que o crime foi um plano de algum deles. Flores revela a Joca que recebeu outra mensagem misteriosa do comando invisível e que ficou claro que eles vão atacar de novo. Érico afirma a Lincon que, se eles não se tornarem sócios da Folha da Corredeira, vai abrir outro jornal na cidade para competir com o do jornalista. Tito conta a Silvio que Filomena não fez escândalo algum durante a conversa e que isso o comoveu. Filomena está arrasada, mas promete a si mesma que vai aguentar. Érico lança Ari como candidato a re-eleição. Um jornalista da capital entrevista o senador. Teixeira avisa Eleonora que está tudo encaminhado para o próximo homem ser capturado. Virgínia conta a Ajuricaba e Marta que o prefeito propôs uma passeata contra os caça-cuecas. Patrícia vai até à redação do jornal e vê Lincon e Carmem a conversar muito animados. Ela cumprimenta os dois, que ficam constrangidos. Lincon conta à esposa que o senador continua a insistir na ideia da sociedade. Patrícia examina Carmem, disfarçadamente. Virgílio conduz Iara para o escritório e revela que descobriu todas as falcatruas dela. Zuleide conta a Célia que Tito foi para a cama com Filomena. Carmem consola Filomena e diz que espera nunca se vir a meter com um homem de outra mulher. Clorís visita Flores e ele beija-a. Arminda conta a Eleonora que Nicolau não a atrai e que prefere trabalhar a namorar. Joca entra em casa revoltado por Nicolau estar a ?investir? em Arminda. Beatriz comenta com Larissa, Lílian e Érico que Nicolau mudou radicalmente. Heleninha conta a Érico que encontrou uma casa linda. Érico promete que da próxima vez que saírem, irão ver a casa. Flores diz a Nicolau que, socialmente, é importante ter uma namorada. Nicolau responde-lhe que eles têm que esperar o momento certo para agir. Bruno diz a Célia que está na cara que Tito não quer casar com Karina. Célia fica furiosa com o marido. Sônia e André trocam juras de amor. Carmem vê os dois aos beijos e reage, sem saber o que fazer. Patrícia conta a Lincon que acha que André arranjou uma namoradinha. Patrícia demonstra ter ciúmes de Carmem. Ela e Lincon acabam por discutir. Carmem finge que não tinha visto Sônia e André. Os dois disfarçam e dizem que andam à procura de uma chave. Querêncio vê Filomena triste e exige que Ari peça desculpas à filha. Filomena observa tudo nervosa e tenta impedir o pai de fazer um escândalo. Romeu tira Querêncio do bar. Flores lembra Nicolau que ele tem que preparar um álibi convincente. O professor explica que, para o crime, eles vão usar uma arma guardada há anos que não tem registo. Érico, Beatriz e Larissa bebem champanhe para comemorar a mudança de postura de Nicolau. Ajuricaba pergunta a Sônia se ela está a namorar e ressalva que precisa de saber com quem é que ela anda. Karina reclama por causa da demora de Tito, que explica que a conversa com Filomena foi constrangedora.

Comentários